• +1-954-639-4643
    • EU countries
      +34-932-20-4999
    • Russia
      +7-812-648-24-57
    • US and Canada
      +1-954-639-4643
    • United Kingdom
      +44-20-3868-1704

Vladimir tem mais de 1000 anos e foi fundada em 1108 por Vladimir Monomakh. Existe uma versão alternativa que descreve a fundação da cidade Red Sun em 990. O ano exato não é assim tão importante para a média de visitantes que decide apostar nas belezas turísticas da cidade, uma vez que os únicos monumentos existentes datam da metade do século XII. Naquele período, a cidade sofreu um rápido desenvolvimento devido à ação do príncipe Andrey Bogolyubsky, que fundou a capital do norte europeu em Vladimir. O período de maior importância para a cidade foi provavelmente no final dos séculos XII e XIII, estendendo-se até a invasão mongol. Durante a maior parte dos dois séculos (de 1157 até a metade de 1300) foi a capital da antiga Rússia. Muitos dos maiores monumentos arquitetônicos de Vladimir foram construídos durante essa época, incluindo a Catedral de Assunção e o Portão de Ouro, ambos considerados Patrimônios da Humanidade. Dois dos lugares mais famosos de Vladimir são as Catedrais Uspenski e Dmitrovsky. O último foi fundado no século XII e é a mais antiga igreja em funcionamento da Rússia. Além do que foi citado, você vai poder ainda visitar o Museu de Cristal e Miniaturas. As Catedrais de Uspenski e Dmitrovsky estão localizadas em uma colina no alto da cidade de Vladimir. A escolha do local foi feita para lembrar-nos de que Deus está acima de nós, orientando-nos e ajudando-nos do Reino dos Céus. Os Portões de Ouro (Zolotie Vorota) de Vladimir são a principal atração da cidade e seu símbolo não oficial.

Uma vez tendo sido a entrada para a cidade fortificada, o portão foi originalmente erguido entre 1158 e 1164. Naquela época, a cidade era cercada por uma muralha e dispunha de cinco portões de pedra. Os Portões de Ouro foram a única entrada que restou do complexo, tornando-se no único monumento das antigas fortificações do território russo. Foi a última defesa contra invasores até o incêndio provocado pelos invasores mongóis, que foi destruído junto com o restante de Vladimir. As muralhas foram removidas no século XIX e os portões foram reforçados por quatro baluartes circulares que deram aos portões uma aparência renovada. Por isso, é aconselhável que se tenha uma visão prévia da construção original do local antes de ir visitar o monumento. A cidade também é a sede de vários museus, galerias de arte e teatros premiados e reconhecidos em todo o mundo, com performances, grupos e artistas de nível mundial, além de uma série de instituições de ensino superior de primeira classe. Além disso, Vladimir é um dos destinos mais visitados do Anel de Ouro, grupo de cidades históricas e culturais da Rússia, tendo preservado até hoje vários dos mais belos monumentos da arquitetura medieval de pedra branca remanescentes na Rússia, juntamente com dezenas de edifícios construídos entre os séculos XVI e XX. Além disso, a cidade é agora considerada um dos principais membros do Anel de Ouro (Golden Ring), com comunidades que desempenharam um papel de grande importância e relevância para a história da Rússia.

Ler mais

Destinos mais popular:

Desculpe! Trens / comboios directos não correm nesta rota. Tente procurar para o trem que corre através do capital.